Profile Main Image

Diogo Leal

ChannelFireball anuncia time de e-sports

A ChannelFireball anunciou o lançamento do Team CFB ontem, seu primeiro time de e-sports

A ChannelFireball é uma das maiores lojas de Magic dos Estados Unidos. Ela [link](https://www.channelfireball.com/articles/announcing-team-cfb/?_ga=2.240205697.387929052.1571445588-1000895463.1571445588)(anunciou o lançamento do Team CFB) ontem, seu primeiro time de e-sports. O time possui [link](https://www.teamcfb.com/)(website próprio e será atualizado com artigos e videos deles). *O TIME* [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1571450862.jpg) Luis Scott-Vargas é membro do Hall da Fama desde 2013 e possui 10 Pro Tour Top 8. [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1571450955.jpg) Membro da MPL e campeão do mundo em 2017. [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1571451011.jpg) Foi campeão de diversos campeonatos de Warcraft III, Starcraft II e Hearthstone. Agora está no Magic: the Gathering. [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1571450835.jpg) Streammer com mais de 80 mil seguidores. Estará na disputa pelo Mythic Championship V. [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1571451295.jpg) Jogador Hall da Fama 2019. [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1571451362.jpg) Membro do Hall da Fama e possui 32 Grand Prix Top 8. Especialista em selados e drafts. [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1571451418.jpg) Vencedor do Mythic Invitational 2018. Incrível esse time de peso não?

Compartilhe:

Profile Main Image

Leon Diniz

Top 10 cartas de Throne of Eldraine que estão vendo jogo no Standard


Vamos mostrar aqui as 10 cartas mais jogadas de Throne of Eldraine no formato Standard nesses último mês. Essa lista foi feita usando nossa página de Metagame: coletamos informações dos decks 5-0, vencedores de Playoffs, Challenge entre outros torneios. O trabalho aqui foi de processar as cartas de Throne of Eldraine que mais apareceram nesses decks vencedores; em outras palavras, não é uma opinião minha, mas apenas uma descrição do que está acontecendo no formato. Foram removidos os terrenos básicos dessa lista. Procurar os decks que possuem essas cartas é fácil, utilizando a procura na página de decks com TAG "metagame". *10º lugar - Wicked Wolf (37 cópias total, 2 em sideboard)* [image](https://cardsrealm.com/images/cartas/en/celd-eld-collector-boosters-wicked-wolf-374.jpg) Um removal e um corpo decente em uma só carta. O indestrutível pode deixar essa carta ainda mais interessante sendo um possível 2 para 1 ou mais. *9º lugar - Gilded Goose (39 cópias total, 0 em sideboard)* [image](https://cardsrealm.com/images/cartas/en/celd-eld-collector-boosters-gilded-goose-369.jpg) Sinceramente achei que o ganso estaria melhor colocado nessa lista. A carta aparece em decks como Simic Food e permite você ter acesso a diversas cartas CMC 3 logo no turno 2. O Token que ela cria pode ser essencial para o [card](Oko, Thief of Crowns) já entrar fazendo fazendo pressão no oponente. *8º lugar - Lovestruck Beast (42 cópias total, 11 em sideboard)* [image](https://cardsrealm.com/images/cartas/en/celd-eld-collector-boosters-lovestruck-beast--hearts-desire-299.jpg) A carta é uma 5/5 no turno 3 e 1 1/1 no turno 1. Muito valor e vem vendo jogo. *7º lugar - Mystical Dispute (55 cópias total, 52 em sideboard)* [image](https://cardsrealm.com/images/cartas/en/eld-throne-of-eldraine-mystical-dispute-58.jpg) O melhor sideboard de Throne of Eldraine. Azul é o novo Standard e nada mais forte que uma carta azul que prejudica outros decks azuis. *6° lugar - Oko, Thief of Crowns (56 cópias total, 7 em sideboard)* [image](https://cardsrealm.com/images/cartas/en/celd-eld-collector-boosters-oko-thief-of-crowns-271.jpg) Escrevi [link](https://cardsrealm.com/artigos/gerebando-com-oko-thief-of-crowns-no-modern)(um artigo só sobre ele antes de ser lançado). É uma carta extraordinária e está nas cores certas, [deck](15949) *5º lugar - Thornwood Falls (70 cópias total, 0 em sideboard)* [image](https://cardsrealm.com/images/cartas/en/c18-commander-2018-thornwood-falls-287.jpg) Uma das cartas mais jogadas de nosso standard tinha que ser uma carta UG. UG domina o formato nesse instante com praticamente todos os decks tier 1 nessas cores. *4º lugar - Castle Vantress (74 cópias total, 0 em sideboard)* [image](https://cardsrealm.com/images/cartas/en/celd-eld-collector-boosters-castle-vantress-390.jpg) Apesar de saber que qualquer carta que joga no Bant Golos vai ter muita cópia no geral no metagame, [card](Castle Vantress) foi uma surpresa para mim estar aqui. O castelo aparenta ser uma boa opção em qualquer deck com azul por o custo de tê-lo não ser alto. [deck](16184) *3º lugar - Questing Beast (81 cópias total, 17 em sideboard)* [image](https://cardsrealm.com/images/cartas/en/eld-throne-of-eldraine-questing-beast-171.jpg) Nenhuma surpresa estar nesta lista. Todos viram essa criatura que passa roupa, faz café, suco; e já imaginaram ela em seus decks. [deck](16538) *2º lugar - Once Upon a Time (106 cópias total, 0 em sideboard)* [image](https://cardsrealm.com/images/cartas/en/eld-throne-of-eldraine-once-upon-a-time-169.jpg) Uma carta aparentemente obrigatória se está rodando com verde no deck. Até decks com poucas criaturas estão rodando de 2 a 3 cópias da carta, como o famoso Golos. [deck](15919) *1º lugar - Fabled Passage (134 cópias, 0 em sideboard)* [image](https://cardsrealm.com/images/cartas/en/celd-eld-collector-boosters-fabled-passage-391.jpg) Do Simic Food ao Golos Field of the Dead, uma coisa todos os decks Tier 1 do Standard tem em comum: todos utilizam [card](Fabled Passage).

Compartilhe:

Profile Main Image

Leon Diniz

Programador do site da Cards Realm. O Magic vai muito além das cartas. Somos pessoas, uma comunidade enorme.

Social: YoutubeInstagramTwitter

Profile Main Image

Thiago Fogaça

O Commander com Cetro + Reversão - Breya, moldadora de Etherium


Olá, meus queridos! Tudo bem com vocês? Meu nome é Fogaça e estou aqui novamente para falar sobre Commander. Hoje, o artigo vai ser especial para mim por alguns motivos. Tenho preparado o tema sobre [card](Cetro Isócrono) e [card](Reversão Dramática) a algum tempo, de uma forma que eu possa agregar o máximo de valor para estes em uma lista. Foi complicado pensar em um comandante onde a combinação dessas duas peças nos leve a um estado tão avançado quanto Breya, Moldadora de Etherium, deck o qual demorei a construir – isso graças ao fato de que suas builds estão atreladas a efeitos de Demonic Consultation (arquétipo já explicado em artigos anteriores). Além disso, usarei desse tema para anunciar oficialmente que agora estou na plataforma do YouTube, com uma canal onde adaptarei os artigos que faço por aqui para vídeo, de modo a sempre atender a necessidade da comunidade (o link se encontra ao fim do artigo). Então, sem mais delongas, apresento-lhes nossa idéia para Breya: [image](https://cardsrealm.com/images/cartas/en/pz2-treasure-chest-breya-etherium-shaper-65.jpg) *CONCEPÇÕES INICIAIS* O pensamento para a confecção do pré-construído de Breya foi organizar os arquétipos relacionados a artefatos e possibilitar uma combinação de cores que maximizasse a pool de cartas para tal. Os jogadores do cEDH, pelo contrário, viram na comandante de quatro cores uma possibilidade de abusar de mecânicas clássicas do formato e aumentar a um nível crítico o conceito de good stuff com base na color pie. Como eu disse anteriormente, busquei muito um comandante para dissertar sobre Cetro e Reversão, sem me importar com qual seria, porém, quando percebi seu potencial na Breya, não pude deixar de pensar que os builders dos mesões competitivos desperdiçam sua aptidão, a qual pode ser aproveitada com apenas um toque de mana infinita colorida. *CONSTRUÇÃO DO DECK* Olhando para nossa humana de forma mais atenta, percebemos que um loop que nos gere mana infinita é o suficiente para finalizar o jogo. Sua habilidade de criação de fichas permite que a sacrifiquemos junto a um de seus tópteros para causar três pontos de dano a um jogador alvo, de forma que possamos a conjurar novamente e impor essa finalização com certa consistência desde que as quatro cores de mana necessárias estejam disponíveis. Baseado nisso, adotei a idéia de usar a interação pautada em exilar [card](Reversão Dramática) com [card](Cetro Isócrono), gerar três manas ou mais com nossas pedras, ativar a habilidade de Isócrono e copiar Reversão para desvirar nossas fontes de mana e repetir o processo, de modo a sempre haver um excedente de mana disponível para levar-nos a vitoria. Sei que a interação parece meio frágil quando falo, ainda mais por ser a única condição de mana infinita colorida de nossa lista, mas, para isso, aproveitaremos a característica de sacrifício de nossa general para nos dar vantagem e consistência durante a partida. Uma vez que Moldadora de Etherium nos da a possibilidade de sacrificar artefatos para realizar efeitos desejáveis, trabalharemos tanto com efeitos como o de [card](Goblin Soldador) (onde interagiremos com cemitério), quanto opções de stax e derivados que travem a mesa e possam nos dar tempo para, então, serem eliminados no momento certo e liberar nosso jogo. Em conjunto a esses, [card](Remodelar) e [card](Transação Aleatória) agregarão um novo valor, uma vez que seus drawbacks foram corrigidos por uma vantagem propiciada pela Commander. [deck](12319) O resto de nossa lista busca obter vantagem de mecânicas de sacrifício ou de tap para que nossas cartas sejam aproveitadas ao máximo. Também contamos com staples clássicas e algumas que normalmente não seriam interessantes, porém, ao exemplo de [card](Dack Fayden), roubar um artefato de um oponente para então sacrificá-lo resolve dois problemas de uma vez. *SUBSTITUIÇÃO DE CARTAS DE ALTO VALOR* Cada pedacinho da Breya foi pensado para obter uma massa crítica de artefatos que possa gerar qualidade além da quantidade (diferente de outros decks de característica storm). Para baixar o valor da lista, essa postura pode ser alterada, permitindo a inclusão de cartas como [card](Trilha de Indícios) ou [card](Sai, Topterista Meste), dando um ar mais performático e prezando a quantidade acima da qualidade. *POR ONDE COMEÇAR?* Se a Breya sozinha finaliza o jogo com a presença de mana infinita, as primeiras peças adotadas podem ser Cetro, Reversão e as pedras de mana para tal, assim, poderemos desenvolver com o tempo os métodos de controle e a qualidade que a lista preza em sua totalidade. *CONCLUSÃO* Após a análise dos argumentos, pode-se, pois, concluir que, às vezes, mesmo que um comandante tenha um padrão já estabelecido para sua otimização, isso não significará que este será o único caminho. As idéias inovadoras estão por ai, apenas devem ser lapidadas, de uma forma que o carbono se torne um diamante. Por hoje ficamos por aqui. Agradeço a todos que tem acompanhado essa série de artigos e peço que sempre deixem seu feedback para continuarmos melhorando. [link](https://www.youtube.com/channel/UCyqfJp8MNsmyE89F2ALRYrg)(Para nos acompanhar no YouTube, acessem o link do meu canal). Até a próxima, meus queridos!

Compartilhe:

Profile Main Image

Thiago Fogaça

Jogador de Magic desde Tarkir, sou apaixonado por interações e sinergias que quebram a curva do jogo. Para mim, o cEDH é o teste máximo para o jogador de Magic, tanto para deck build, quanto para gameplay. Para me acompanhar no YouTube, acessem meu canal.

Social: Youtube