Profile Main Image

Diogo Leal

John Avon irá lançar playmats com sua arte

John Avon, um dos maiores artistas de Magic: The Gathering do mundo, tem um novo projeto de playmat que será lançado em breve.

John Avon, um dos maiores artistas de Magic: The Gathering do mundo, tem um novo projeto de playmat que será lançado em breve. Portanto, se você é um fã de seus incríveis trabalhos, melhor começar a economizar para jogar com esses playmats incríveis. Recentemente, [link](https://www.facebook.com/pg/JohnAvon/photos/)(em sua página no Facebook), Avon revelou dois playmats com sua arte: um com sua linda obra de arte de pântano e outro com sua ilha de Lorwyn. Confira os novos playmats: [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1567557741.png) [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1567557747.jpg) Provavelmente ainda revelará mais três novos playmats com os outros três terrenos básicos (floresta, montanha e planície), portanto, espere que ele publique os outros em sua página em breve. O artista galês ainda não revelou detalhes adicionais sobre a data de lançamento e os preços dos playmats, mas não precisa se preocupar, nós da Cards Realm, manteremos você atualizado assim que descobrirmos. Avon já ilustrou mais de 280 cartas de Magic, principalmente paisagens em cartas de terrenos básicos. Ele é famoso pelos terrenos de Unhinged, com pessoas emoldurando quadros de sua arte. [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1567557905.jpg) O que acharam dessa nova linha de playmats? Estamos doidos para ter um!

Compartilhe:

Profile Main Image

Thiago Fogaça

Como começar no cEDH #02 - Niv-Mizzet, Parun


Olá, meus queridos! Tudo bem com vocês? Meu nome é Fogaça e estou aqui novamente para falar sobre Commander. Algum tempo atrás, escrevi um artigo falando sobre [link](https://cardsrealm.com/artigos/como-comecar-no-cedh---edric-espiao-mestre-de-trest)(como iniciar no cEDH). O propósito era mostrar uma estratégia simples e consistente para os jogadores que não possuem um conhecimento avançado de regras ou que desejassem uma lista mais acessível em questão monetária. Como recebi um bom feedback da comunidade sobre a ideia, resolvi continuar com alguns comandantes que eu considero simples e lineares para alguém que atende as condições anteriormente descritas, além de, assim, preencher vários arquétipos que possam atrair a atenção dos players. Para começar, escolhi o dragão mais bolado de Ravnica: o líder dos Izzet que vem em sua versão [card](Niv-Mizzet, Parun). [image](https://cardsrealm.com/images/cartas/en/grn-guilds-of-ravnica-niv-mizzet-parun-192.jpg) *CONCEPÇÕES INICIAIS* Niv-Mizzet é especial se comparado a outros comandantes. Seu design foi planejado pela equipe de P&D da WotC durante a era do Brawl, sendo balanceado como general. Algo que o destaca entre os demais e justifica a escolha deste em vez de seu alter ego ([card](Niv-Mizzet, o Mente de Fogo)) é a interação promovida pelo jogo dos oponentes, nos permitindo card advantage mesmo com as jogadas dos adversários. *CONSTRUÇÃO DO DECK* Para iniciar, normalmente nos preocuparíamos com a entrada de nosso comandante em campo e usaríamos anulações e outros meios de controle para garantir tal feito, porém, -Niz-Mizzet possui a característica de não ser anulada, nos dando margem para uma estratégia onde nossos counters e nossas remoções serão usadas como método de controle para o jogo alheio. Esse fato se aliará com as compras proporcionadas por nosso querido dragão e a possibilidade de limpeza de mesa que ele nos dá, permitindo que joguemos proativamente ao mesmo tempo em que impedimos nossos oponentes de prosseguir em suas estratégias. Agora que sambemos que nossa postura terá uma característica relacionada ao arquétipo Tempo, devemos identificar nossa condição de vitória. Ela, portanto, derivará de efeitos que permitem que compremos cartas quando Parun causar dano a um jogador, de forma a criar um loop (nosso maior e mais clássico exemplo é [card](Curiosidade)); o dano será realocado para nossos adversários, e, quando estivermos próximos do overdeck, este será direcionado ao próprio Niv-Mizzet, encerrando o ciclo. Adicionamos [card](Maníaco do Laboratório) e [card](Jace, Manipulador de Mistérios), para garantir nossa vitória, já que, em alguns momentos, os players terão mais vida do que cartas em nosso grimório. [deck](13395) As cartas adjacentes têm a função de propiciar o controle de mesa necessário, além de dar consistência a nosso combo e aproveitar as habilidades de Niv-Mizzet ao máximo. Devo salientar que nossa base de mana deverá garantir que a especificidade do custo de mana de nosso general seja atendida, sempre promovendo qualidade ao invés de quantidade. *SUBSTITUIÇÃO DE CARTAS DE ALTO VALOR* Ao analisar a lista, o que mais assusta são cartas como [card](Mago da Conjuração-relâmpago) e [card](Força de Vontade), figuras recorrentes aqui. A função de nosso deck será bem atendida com uma curva baixa e consistência nos efeitos, porém, não é necessário que usemos recursão de cemitério, dando, desta forma, um caráter de opcional para nosso japa. Quanto à Força de Vontade e seus colegas counters, podem ser alterados por quaisquer outras anulações, desde que possuam um bom custo de mana em relação ao seu efeito em totalidade. *POR ONDE COMEÇAR?* Nunca imaginei que precisaria escrever sobre isso, mas, nesse caso, é extremamente importante dizer que a principal peça é o próprio comandante. Tendo-o em mãos, as cartas de compra serão maximizadas, os tutores e os combos funcionarão melhor e o controle não será apenas isso, portanto, a partir do momento que este está em sua posse, qualquer combinação das outras funções do baralho pode ser usada, desde que haja uma forma clara de vitória. *CONCLUSÃO* Pode-se, pois, após análise dos argumentos, concluir que existem diferentes modos para iniciar no formato. Um deck competitivo não necessita necessariamente estar cheio de staples caras ou ter mecânicas mirabolantes envolvidas. Por hoje ficamos por aqui. Agradeço a todos que tem acompanhado essa série de artigos e peço que sempre deixem seu feedback para continuarmos melhorando. Até a próxima, meus queridos!

Compartilhe:

Profile Main Image

Thiago Fogaça

Jogador de Magic desde Tarkir, sou apaixonado por interações e sinergias que quebram a curva do jogo. Para mim, o cEDH é o teste máximo para o jogador de Magic, tanto para deck build, quanto para gameplay. Para me acompanhar no YouTube, acessem meu canal.

Social: Youtube

Profile Main Image

Leon Diniz

Diferenças entre decks combos que necessitam de 2 cartas e de 3


Você jogador de combo que só pensa em maldade, já deve ter se perguntado algumas vezes por quê combo de 2 cartas, de 3 cartas ou de 4 cartas são tão diferentes com relação a resultados no Magic. Todos devem concordar que um combo de 2 cartas é melhor que um combo de 3 cartas e definitivamente melhor que um combo de 4 cartas, mas o quanto melhor? Uma menção honrosa primeiramente a combos de 1 carta só como [link](https://cardsrealm.com/metagame/modern/titan-shift)(Titan-shift). A probabilidade de você conseguir um [card](Primeval Titan) ou [card](Scapeshift) ou [card](Summoner's Pact) até o turno 5 é de 93%. *COMBOS DE DUAS CARTAS* Vamos pegar alguns exemplos. No Standard tivemos o famoso combo Copy cat composto por [card](Guardião Felidar) + [card](Saheeli Rai). O combo consistia em blinkar a Saheeli com o Guardião Felidar, assim podendo ativar a habilidade da planeswalker mais uma vez que cria um novo Guardião com haste, que blinka a Saheeli e por aí continua até você ter em campo infinitos gatos com haste. *Esse combo exige 2 cartas e você só tem 4 cópias de cada uma no seu deck, qual a probabilidade de você combar até o turno 4?* O combo consistia de jogar a Saheeli Rai na 3 e o Guardião Felidar na 4. *A probabilidade de você comprar a [card](Saheeli Rai) até o turno 3 é melhor analisada pela probabilidade de você não comprá-la*: isso depende de você não comprá-la na sua mão inicial e nem nas 3 compras seguintes. Isso significa que, para você não comprar a Saheeli Rai, você tem que comprar uma das outras 56 cartas entre 60 que você tem no seu baralho na primeira compra, depois uma das outras 55 entre 59, depois uma das outras 54 entre 58 e por aí em diante... Em um total de 10 cartas compradas até o turno 3, você não pode comprar a Saheeli Rai. A probabilidade de você comprar é igual a 1 menos a probabilidade de você não comprar. [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1567451833.jpg) E se considerarmos que vamos comprando mais cartas? [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1567446451.png) A probabilidade de se ter o combo na mão inicial é muito pequena, mas conforme você for comprando, a probabilidade pode chegar a ser de quase 50%. *E no modern?* O Standard possui uma pool mais limitada sem tantos tutores ou cartas com efeitos parecidos, o que acontece se vermos um combo de 2 cartas no Modern? No Modern as contas ficam um pouco mais estranhas. Vamos pegar o combo [link](https://cardsrealm.com/metagame/modern/ad-nauseam)(Ad Nauseam) como exemplo. A proposta do combo é conjurar um [card](Ad Nauseam) depois de ter castado [card](Graça do Anjo) ou [card](Morte-Vida Phyrexiana); comprar todas as cartas do seu deck; exilar 3 [card](Espírito-Guia Símio) para produzir 3 manas vermelhas e assim conjurar uma [card](Tempestade Relampejante) para muito dano descartando todos os terrenos comprados. O combo é de apenas duas cartas por quê você precisa de apenas [card](Ad Nauseam) + [card](Graça do Anjo) ou [card](Morte-Vida Phyrexiana). Sendo que você não necessariamente precisa de Ad Nauseam já que você pode buscá-lo no seu deck com [card](Despojos da Câmara). No total o deck possui 3 Despojos da Câmara e 4 Ad Nauseam, totalizando 7 cartas cópias de "Ad Nauseam"; e possui 4 Graça do Anjo e 4 Morte-Vida Phyrexiana, totalizando 8 cópias que te permitem combar sem morrer. Então você quer comprar ao menos 1 de 7 cópias de Ad Naseaum e 1 de 8 cópias de Graça do Anjo. [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1567448538.png) No final, a probabilidade de você já ter o combo na mão inicial é de 40%, mas depois de 8 compras a probabilidade ultrapassa 80%. Lembrando que o deck é composto por muita compra de carta como [card](Visões do Soro) e [card](Truque de Mãos); isso faz dele um dos combos mais consistentes do Modern. *COMBOS DE TRÊS CARTAS* Agora imagina que você tem um combo de 3 cartas. O [link](https://cardsrealm.com/metagame/modern/devoted-company)(deck Devoted Company ou Devoted Vizier) por exemplo consegue combar com [card](Druida Devotado) + [card](Vizir dos Remédios) + [card](Balista Ambulante). [card](Druida Devotado) + [card](Vizir dos Remédios) geram mana infinita e a Ballista finaliza dando dano infinito. O deck costuma possuir 4 druidas, 3 Vizirs e apenas 1 Ballista; qual a probabilidade de você conseguir ao menos 1 de cada na marra? [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1567449188.png) No máximo você consegue algo em torno de 15% de chance de combar se comprar muita carta. Não são números muito animadores né? Mas o deck foi feito e adaptado para o combo. Para não haver dúvidas, como são muitos tipos de deck com Druida Devotado, vamos falar da lista abaixo. [deck](13984) Nessa versão você não precisa da [card](Balista Ambulante) se tiver [card](Recrutador de Vigia do Crepúsculo) na mão, já que com mana infinita ele irá buscar a ballista. 1 [card](Shalai, Voz da Abundância) é outro substituto para a Ballista para se ganhar com mana infinita; enquanto 4 [card](Acorde do Chamado) consegue te buscar qualquer carta que estiver faltando do combo. 2 [card](Capitão-patrulheiro de Eos) estão lá para tutorar a Ballista também caso necessário. No total você tem 8 cópias de [card](Druida Devotado), 8 cópias de [card](Vizir dos Remédios) e 9 cópias da [card](Balista Ambulante) no deck. [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1567450732.png) Do jeito que o deck foi montado, a probabilidade de combar até o turno 5 chega a ser similar ao deck Ad Nauseam. A desvantagem é que este deck possui mais formas do seu oponente interagir com ele; a vantagem é que ele consegue vencer os jogos de outras formas se necessário. *E se concentrarmos todas nossas forças no Deus combo?* [deck](14033) Esta versão é similar à anterior com adição de cartas como [card](Final de Devastação) que também permite ganhar o jogo se utilizando da mana infinita. Tanto 4 [card](Chamado de Eladamri) quanto 4 [card](Final de Devastação), 3 [card](Evolução Arcana) e 3 [card](Neoformar) podem buscar nossas cartas do combo. Isso significa que temos em nossa disposição 18 cópias de [card](Druida Devotado), 17 cópias de [card](Vizir dos Remédios) e 18 cópias de [card](Balista Ambulante) no deck. [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1567450253.png) O deck é tão, mas tão adaptado que a probabilidade de se ter o combo é quase 100% depois de apenas algumas compras. *CONSIDERAÇÕES* Os cálculos aqui contaram a probabilidade de você possuir 1 ou mais cartas do combo, com um pouco de defeito no cálculo com tutores que servem para as mesmas cartas, apesar de que isso não afeta de forma prática o cálculo final. Esses cálculos não contaram a interação do oponente também e nem se você têm condições de combar: é possível você não comprar terrenos, mas ter o combo na mão por exemplo. Além disso, não conta jogadas mais complexas como estourar fetch para aumentar a probabilidade de comprar uma carta do combo. *CONCLUSÃO* O que gostaria de concluir com este artigo é que a consistência do combo depende muito mais da quantidade de tutores do seu deck do que a quantidade de cartas que ele necessita. Em um ambiente como o Standard é muito difícil fazer com que decks combos de 3 cartas sejam consistentes, a probabilidade de combar irá beirar os 20 a 30%. Mas tutores têm em abundância em formatos como Modern, Legacy ou Vintage. Os combos nesses formatos podem necessitar de 3 cartas e ainda serem "opressores".

Compartilhe:

Profile Main Image

Leon Diniz

Programador do site da Cards Realm. O Magic vai muito além das cartas. Somos pessoas, uma comunidade enorme.

Social: YoutubeInstagramTwitter