Profile Main Image

Diogo Leal

MCVI tem protestos em cartas a favor do direito trans

Autumn Burchett foi obrigado a trocar algumas cartas do deck

No primeiro dia do Magic: The Gathering Mythic Championship VI, o membro do Magic Pro League e o vencedor do Mythic Championship I Autumn Burchett foi obrigado a trocar algumas cartas do deck. No Twitter, Burchett compartilhou uma foto de uma floresta e ilha com as mensagens escritas "Não há furto em Gruul Turf" e "Direitos trans são direitos humanos". E disse que os oficiais do torneio a instruíram a remover essas cartas do deck. <blockquote class="twitter-tweet"><p lang="en" dir="ltr">I was instructed by tournament officials to remove these defaced Terese Nielsen lands from my deck <a href="https://t.co/IeeQdW2LnX">pic.twitter.com/IeeQdW2LnX</a></p>&mdash; Autumn Burchett (@AutumnLilyMTG) <a href="https://twitter.com/AutumnLilyMTG/status/1192953657102389248?ref_src=twsrc%5Etfw">November 8, 2019</a></blockquote> <script async src="https://platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> [link](https://blogs.magicjudges.org/rules/mtr3-3/)(Do livro de regras): *Modificações artísticas são aceitáveis ​​em torneios sancionados, desde que as modificações não tornem irreconhecível a arte da carta, contenham conselhos estratégicos substanciais ou contenham imagens ofensivas. Modificações artísticas também podem não obstruir ou alterar o custo de mana ou o nome da carta.* Até aqui nas regras, tudo parece estar de acordo. Em uma sessão da regra também vemos a seguinte frase: *"O potencial ofensivo de uma alter é uma área mais subjetiva e provavelmente deve ter uma abordagem mais conservadora."* Logo, a Wizards of the Coast talvez tenha pensava que o protesto de Burchett pode ofender alguém. A decisão da WotC de supostamente proibir Burchett de usar os terrenos modificados durante o primeiro dia do Mythic Championship VI claramente não foi bem recebida pelas comunidades MTG e LBGTQ+. Após as ondas de apoio a Burchett no Twitch, a WotC mudou de idéia e, de acordo com Burchett, eles o deixaram usar as cartas modificadas, como mostrado no Tweet abaixo: <blockquote class="twitter-tweet"><p lang="en" dir="ltr">Have been approved to have these in my deck for the tournament. Didn’t really want the previous art in my deck anyways.<br><br>Trans rights are human rights!<a href="https://twitter.com/hashtag/MythicChampionshipVI?src=hash&amp;ref_src=twsrc%5Etfw">#MythicChampionshipVI</a> <a href="https://t.co/JTivscqloP">pic.twitter.com/JTivscqloP</a></p>&mdash; Autumn Burchett (@AutumnLilyMTG) <a href="https://twitter.com/AutumnLilyMTG/status/1193235842363482112?ref_src=twsrc%5Etfw">November 9, 2019</a></blockquote> <script async src="https://platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> O que vocês acham sobre esse acontecimento no Mythic Championship VI? *NOTA DO EDITOR* A artista dos terrenos com mensagens de protesto é a Terese Nielsen. Provavelmente, na visão de Burchett, a Terese seria uma TERF (e por isso o "No TERF on Gruul Turf"). TERF significa "Trans-Exclusionary Radical Feminist", ou seja, feministas radicais que não reconhecem as mulheres trans como mulheres. A Terese Nielsen já foi mencionada anteriormente em protestos por ter posicionamentos políticos conservadores, principalmente depois de ter declarado apoio ao Trump nas últimas eleições americanas.

Compartilhe:

Profile Main Image

Vinicius Sorin

Kitchen Finks Podcast #12: A Arte de montar decks budget no EDH


O Kitchen Finks está de volta, desta vez para falar sobre um assunto MUITO requisitado: Como montar decks Budget no EDH. Para isso o Sorin trouxe convidados muito especiais dos canais Atog de Toga e Low Commander. Confira nossas dicas e relatos sobre deckbuilding de baixo orçamento, como conseguir cards baratos e se esquivar dos spikes que assolam o mercado de singles do MTG. <iframe width="100%" height="300" scrolling="no" frameborder="no" allow="autoplay" src="https://w.soundcloud.com/player/?url=https%3A//api.soundcloud.com/tracks/710886817&color=%23ff5500&auto_play=false&hide_related=false&show_comments=true&show_user=true&show_reposts=false&show_teaser=true&visual=true"></iframe> LINKS RELEVANTES: [link](https://scryfall.com/)(https://scryfall.com/) [link](https://edhrec.com/)(https://edhrec.com/) [link](https://mtgpics.com/)(https://mtgpics.com/) [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1573493511.png)

Compartilhe:

Profile Main Image

Vinicius Sorin

Professor de artes marciais e produtor de conteúdo sobre Magic. Jogador apaixonado pelo formato Commander, apresentador do canal do youtube Cozinha Offline.

Social: YoutubeInstagramTwitter

Profile Main Image

Leon Diniz

Deck Sultai Sacrifice teve a melhor performance no MCVI


Neste fim de semana ocorreu o Mythic Championship VI, com apenas algumas semanas depois que Javier Dominguez levou Gruul Aggro à vitória no Mythic Championship V. Após o banimento de [card](Field of the Dead), [card](Oko, Thief of Crowns) começou a dominar. [link](https://magic.gg/news/mythic-championship-vi-day-one-metagame-breakdown)(A Wizards of the Coast divulgou o metagame no dia 1 do campeonato) e a situação parecia alarmante: [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1573444719.jpeg) *Quase 70% dos decks jogavam em torno do planeswalker Oko*. Caso não queira jogar de Oko, é recomendado o Selesnya Adventure ou o Golgari Adventure. E se quiser jogar de Oko, qual o melhor deck? A Wizards of the Coast [link](https://magic.gg/news/the-standard-win-rates-and-spiciest-decks-at-mythic-championship-vi)(também divulgou as percentagens de vitória de cada deck) no Mythic Championship. Essas percentagens são relevantes já que o tamanho amostral é de 495 jogadores desde o dia 1, com mais de 3 mil partidas jogadas entre eles. [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1573445195.jpeg) O Sultai Sacrifice teve o melhor desempenho de longe, vencendo 68,2% de suas partidas e registrando um recorde positivo contra os decks de Food em particular. Dessa forma, a sinergia entre [card](Witch's Oven), [card](Cauldron Familiar) e [card](Trail of Crumbs) rendeu o suficinete para ser o melhor deck do evento, mesmo que nenhum dos jogadores de Sultai Sacrifice tenha atingido o Top 8. Uma decklist do deck abaixo: [deck](18729) O [link](https://www.mtggoldfish.com/articles/mythic-championship-vi-matchup-data)(MTGGoldFish) chegou a calcular as percentagem de vitória do deck contra cada outro no Mythic Championship, assim podemos ver melhor como o deck se comporta contra cada tipo. [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1573445511.jpeg) É possível notar pela tabela acima que o deck obteve 11 vitórias em 12 partidas contra decks de aventura (Golgari Adventure ou Selesnya Adventure). Contra nenhum arquétipo teve menos de 50% de vitória. O grande diferencial está na alta percentagem de vitória contra decks Tier 2 do formato e ainda sim manter uma percentagem de vitória razoável contra os principais decks do momento: Simic Food e Sultai Food.

Compartilhe:

Profile Main Image

Leon Diniz

Programador do site da Cards Realm. O Magic vai muito além das cartas. Somos pessoas, uma comunidade enorme.

Social: YoutubeInstagramTwitter