Profile Main Image

Ari Ferreira

O impacto da Granada Goblin no Pauper: Red Deck Wins

Aqui é o Ari e no artigo de hoje analisaremos uma das principais adições que a oficialização do Pauper nos trouxe: a Granada Goblin...

Fala Galera o/ Aqui é o Ari e no artigo de hoje analisaremos uma das principais adições que a oficialização do Pauper nos trouxe: a [card](Granada Goblin)... [image](https://cardsrealm.com/images/cartas/en/ddt-duel-decks:-merfolk-vs-goblins-goblin-grenade-45.jpg) Nos últimos anos eu sempre defendi e desejei muito o reprint da carta como comum no MOL, apesar dela ser um feitiço que custa apenas uma mana e pode causar 5 pontos de dano à qualquer alvo, na minha opinião o seu power level está bem adequado ao Pauper. Com oficialização e unificação que ocorreram no dia 2 de julho de 2019, a Granada e mais outras centenas de cartas finalmente se tornaram válidas no formato. Logo após o anúncio da unificação, existiam muitas expectativas em relação ao uso da nova carta, principalmente em dois decks conhecidos do formato: Goblins e RDW. A grande dúvida era exatamente a seguinte: Qual desses decks faria melhor proveito da Granada? Sendo bem objetivo, a resposta é RDW. Basta analisar os resultados dos últimos eventos Pauper para percebermos qual versão está se dando melhor. Sabemos que a vida não está maravilhosa para os Mono Reds, e infelizmente a Granada ainda não se mostrou tão impactante como alguns estavam imaginando, porém a carta é sim muito forte e com certeza está fazendo a diferença nesses decks. No MOL, o player que obteve melhor resultado até o momento com a Granada foi o MICHERN, que terminou o Pauper Challenge do dia 14 de julho na décima posição. Outras versões de listas bem parecidas com essa também apareceram no top 32 de outros Challenges, ou fazendo 5-0 nas ligas do MOL. [deck](10813) A Granada Goblin se encaixou perfeitamente na estratégia do RDW, que é um deck mais explosivo e busca causar a maior quantidade de dano na menor quantidade de turnos possíveis. Para isso é necessário contar com algumas criaturas não Goblins: [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1563854448.png) [card](Familiar Chacal): Mais uma criatura drop 1 com um bom corpo, super importante para manter o deck menos vulnerável aos Eletrotruques. [card](Emissário da Árvore Flamejante): A criatura não Goblin mais importante do deck porque além de possuir um bom corpo, ela possibilita o "free cast" de praticamente todas as cartas do deck, desde uma criatura 2/2 com haste, até um Raio ou um Chain Lightning. [card](Relâmpago do Vale): Uma criatura que não parece tão boa quando analisada individualmente, mas que se encaixa perfeitamente na estratégia do RDW. [image](https://cardsrealm.com/images/cartas/crop/dds-duel-decks:-mind-vs-might-burning-tree-emissary-55.jpg) O RDW é isso: velocidade e agressão. O deck não abusa da sinergia tribal que os Goblins costumam oferecer, mas isso não é um impeditivo para a utilização da Granada no Deck (tanto é que a lista do MICHERN utiliza 4x cópias). O "kit burn" do RDW pode variar de acordo com o gosto de cada jogador. Eu tenho optado por utilizar 4x [card](Raio), 2x [card](Chain Lightning), 3x Granada Goblin e 2x [card](Explosão de Fogo). Acaba sendo comum situações em que se utiliza Raio ou Chain Lighthning para abrir caminho para as criaturas do deck, já que elas possuem corpos relevantes e que podem até causar os mesmos 3 pontos de dano caso seja encaixado um [card](Bushwhacker kickado). Além desse overview, para aqueles que decidirem se aventurar com o deck, eu acho importante que estejam cientes de alguns pontos: *O deck não está em alta*: Competitivamente falando, existem outras opções de decks aggro que estão obtendo melhores resultados: [link](https://magic.wizards.com/en/articles/archive/mtgo-standings/pauper-challenge-2019-07-22)(No último Challenge por exemplo) (21 de julho), tivemos uma final entre Stompy e Mono W Heroic. Sem contar o Affinity e Elfos que também fizeram bons resultados recentemente. *Enfrentarás o hate alheio*: Os principais decks do formato possuem boas maneiras de lidar com o RDW. *Jeskai*: [card](Hydroblast), [card](Seeker of the Way), [card](Lone Missionary) (que interage com [card](Efemarar) e com os Passarinhos). *Boros*: [card](Prismatic Strands), [card](Radiant Fountain), [card](Seeker of the Way) e [card](Lone Missionary); *Tron*: [card](Hydroblast), [card](Pulse of Murasa), [card](Moment's Peace), [card](Stonehorn Dignitary), [card](Weather the Storm); *Affinity*: [card](Hydroblast), [card](Krark Clan Shamman), [card](Electrickery). O deck exige certa Experiência: Alguns jogadores podem ter a falsa sensação de que o deck é fácil de se pilotar, mas na prática o deck exige diversas tomadas de decisões no turnos iniciais que irão premiar as escolhas corretas e punir os menores erros... Ainda podemos dizer que o Pauper está se adaptando às mudanças que aconteceram recentemente, faz apenas 3 semanas que a Granada está jogando no formato... Eu continuarei acompanhando a utilização da carta, mas por enquanto sem apostar muito na versão tribal. Acredito que a falta de explosão acaba deixando o esse tipo de deck mais vulnerável aos mid ranges, que estão conseguindo estabilizar a partida cada vez mais rápido com uma base de mana corrigida pelo do Astrolabe. E você? Como avalia a Granada Goblin no Pauper? Deixe sua opinião na seção de comentários o/

Compartilhe:

Profile Main Image

Ari Ferreira

Analista de Sistemas em São Paulo. Jogador e produtor de conteúdo sobre MTG. Criador e apresentador do Canal e Podcast Mana Delver. Apesar de ser apaixonado pelo Pauper, também joga e aprecia todos os outros formatos.

Social: FacebookYoutubeInstagramTwitchTwitter

User profile image
Profile Main Image

Hiero Santos

MMORPG de Magic Anunciado


Um novo jogo de MMORPG (Massive Multiplayer Online RPG) baseado no multiverso do popular jogo de cartas *Magic: The Gathering* está chegando, e está sendo desenvolvido pela Cryptic Studios. De acordo com o comunicado de imprensa, "o AAA RPG está sendo desenvolvido para PC e console". Embora a Cryptic Studios não tenha revelado detalhes de jogabilidade sobre o novo MMORPG, o site deles revelou que os jogadores desempenharão o papel de um Planeswalker, então é provável que eles possam atravessar o multiverso de Magic. [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1565189745.jpg) *Stephen D'Angelo*, CEO da Cryptic Studios, disse sobre o anúncio: "Tudo, desde os gráficos até a jogabilidade, está sendo direcionado para um jogo AAA verdadeiramente único. Estamos entusiasmados em fornecer aos fãs de Magic uma oportunidade de explorar os mundos e personagens do jogo através de uma ótica totalmente nova. Prepare-se para embarcar em uma nova jornada." *David Schwartz*, Vice-Presidente da Digital Publishing da *Wizards of the Coast*, disse: "Este jogo é uma parte empolgante da iniciativa Magic Digital Next da Wizards of the Coast para estender a jogabilidade além da mesa, e estamos orgulhosos de trabalhar com a talentosa equipe da Perfect World Entertainment e Cryptic Studios para dar vida ao Multiverso Magic: The Gathering." A Cryptic Studios é conhecida por desenvolver jogos MMORPG como *Neverwinter, City of Heroes, Champions Online e Star Trek Online*. Não há nenhuma palavra ainda sobre como o MTG MMORPG será chamado, mas nós da Cards Realms, divulgaremos quaisquer informações sobre o desenvolvimento do jogo. [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1565189814.png) *PS*: Jogo AAA - Classificação utilizada para jogos com os maiores orçamentos e níveis de promoção. Referência: [link](http://epicstream.com/news/JakeVyper/Magic-The-Gathering-MMORPG-in-Development-From-Cryptic-Studios)(EpicStream) [link](https://www.dailyesports.gg/magic-the-gathering-mmorpg-cryptic-studios/)(Dayly Esports - Capa)

Compartilhe: