Profile Main Image

Leon Diniz

Owen Turtenwald se desculpa publicamente por assédios

Owen Turtenwald foi classificado entre os melhores jogadores de Magic do mundo por cerca de uma década. Em 2011, ele ganhou uma série de sete torneios do Grand Prix, ganhando o prêmio de Jogador do Ano daquele ano, e ganhou novamente esse título em 2016.

Owen Turtenwald foi classificado entre os melhores jogadores de Magic do mundo por cerca de uma década. Em 2011, ele ganhou uma série de sete torneios do Grand Prix, ganhando o prêmio de Jogador do Ano daquele ano, e ganhou novamente esse título em 2016. Aproveitando de seu auge profissional, [link](https://cardsrealm.com/artigos/owen-turtenwald-foi-removido-do-mythic-invitational-por-ass%C3%A9dio)(em reportagem à Kotaku, pessoas denunciaram que Turtenwald se ofereceria para ajudar as mulheres a avançarem como jogadores profissionais, mais tarde implicando que seria em troca do que a fonte descreveu como "wink-wink"). Depois das denúncias, Owen foi removido do Mythic Invitational e esteve sumido. Mas Owen Turtenwald quer voltar a jogar, pretende ir a campeonatos de Hearthstone. Ontem pelo Twitter, em declaração, Owen pede desculpas e admite ter agido inapropriadamente algumas vezes. [center](<blockquote class="twitter-tweet"><p lang="und" dir="ltr"><a href="https://t.co/qrLZE43MsP">pic.twitter.com/qrLZE43MsP</a></p>&mdash; Owen Turtenwal <a href="https://twitter.com/OwenTweetenwald/status/1166837429690494977?ref_src=twsrc%5Etfw">August 28, 2019</a></blockquote> <script async src="https://platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script>) Segue a tradução de sua declaração. *Por muito tempo eu estava convencido de que nunca deveria discutir algo inapropriado no meu Twitter, porque é onde a família e as crianças vão para as atualizações do meu torneio. Eu não queria contar o meu lado da história e relembrar quem eu machuquei. Eu segui de perto a discussão em torno do meu retorno aos jogos e sinto que devo vestir o elefante na sala.* *Eu tenho sido desrespeitoso com as mulheres. Muitas vezes. Eu cometi erros terríveis pelos quais lamento muito. Eu acreditava que era porque o álcool estava envolvido, mas eu estava absolutamente falso.* *O momento que eu compreendi e apreciei completamente como minhas atitudes fizeram as pessoas se sentirem, eu parei imediatamente. Eu falhei nos meus principais valores e eu precisava mudar. Eu nunca mais cometerei esses erros. Mulheres devem ser tratadas com respeito e dignidade em todas as situações, em qualquer momento. Eu era extremamente egoísta e não me importava como os outros se sentiam. Eu estava errado.* *Era difícil admitir que enfrentei lutas reais com a saúde mental em jogo e contra o alcoolismo, mas recebi ajuda profissional.* *Para os meus amigos, fãs, apoiadores, gamers em todos os lugares e, o mais importante, para todos que eu fiz sofrer: eu sinto muito.*

Compartilhe:

Profile Main Image

Leon Diniz

Programador do site da Cards Realm. O Magic vai muito além das cartas. Somos pessoas, uma comunidade enorme.

Social: YoutubeInstagramTwitter

Profile Main Image

Thiago Almeida

Existe vida após o Looting?


Tem uma história, uma história muito cruel que eu tenho que contar aqui. Eu tenho que contar essa história. De uma criancinha... que nos braços da mãe, já pronta pra descartar duas Vengevines, disse assim: *"Mamãe, no céu tem looting?”* [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1566945272.jpg) *E baniu...* Fala ae pessoal. Se você é um jogador que nem eu, que curte botar um milhão de bichos do cemitério noo campo de batalha e ouvir os coleguinhas reclamando, [link](https://cardsrealm.com/artigos/explicacao-da-wizards-para-hogaak-e-looting-banidos%3B-storneforge-e-ferocidonte-desbanidos)(também não deve ter ficado nem um pouco contente com a última banlist). *Mas será mesmo que não dá pra fazer nada com as cartas que a gente adquiriu com tanto esforço, e com os decks que curtimos jogar?* Eu acredito que em alguns casos sim, e é isso que vou discutir com vocês hoje. Nesse artigo vou focar nas adaptações que podem ser feitas nos decks que usavam [card](Faithless Looting), e nos possíveis decks que podemos montar com as cartas que temos. [link](https://cardsrealm.com/artigos/perdedores-e-vencedores-com-o-banimento-do--faithless-looting)(O Diogo escreveu um artigo falando sobre como esse ban beneficia outros decks do formato), e pra quem quiser ter uma ideia geral do que esperar do Modern, recomendo a leitura. Bom, vamos lá. Começando logo pelo causador desse fuzuê todo: [link](https://cardsrealm.com/metagame/modern/four-colors-hogaak-vine)(*HOGAAK*) [image](https://cardsrealm.com/images/cartas/en/mh1-modern-horizons-hogaak-arisen-necropolis-202.jpg) O "Hogaak Winter" [link](https://cardsrealm.com/artigos/narrador-da-channel-fireball-pede-banimento-do-hogaak-ao-vivo)(realmente deixou muitos incomodados). O deck travou boa parte das estratégias do Modern, obrigando os outros a usarem muitas cartas voltadas contra o cemitério, e ainda assim se mostrou bem resiliente a elas. Com isso, tivemos uma supremacia do deck, representando 20% do meta no 2º dia de 2 dos 3 últimos GP's Modern, com ambos terminando com [link](https://cardsrealm.com/artigos/resumo-do-magicfest-las-vegas---metagame-e-decklists)(5 Hogaaks no top8 e uma mirror match de Hogaak na final de ambos). O ban já era esperado! Desde o lançamento de [card](Stitcher’s Supplier), que eu jogo de BridgeVine. É a estratégia que eu gosto, e mesmo quando [card](Surgical Extraction) estava em todos os decks, continuei insistindo nesse arquétipo. Fora isso, jogo com [card](Gravecrawler) desde a época em que ele era válido no Standard. Então mesmo sem looting e [card](Brigde from Below), vou insistir em voltar com meus zumbis, vampiros e plantas mutantes do cemitério! Segue abaixo a 1ª lista do que poderia ser um novo deck com [card](Vengevine), pra quem também estiver disposto a tentar. [deck](13707) Não é mais um deck tier 1, mas continua sendo divertido. E dá sim pra arrancar bons resultados com a recursão dos bichos. Eu vou testar mais pra frente a inclusão de 2 [card](Altar of Dementia), para ter uma 2ª maneira de fechar as partidas longas. [link](https://cardsrealm.com/metagame/modern/dredge)(*DREDGE*) [image](https://cardsrealm.com/images/cartas/en/ddj-duel-decks:-izzet-vs-golgari-golgari-thug-48.jpg) Não tem jeito, os Golgari sempre vão sobreviver. Eles são que nem baratas. Pode tacar uma bomba atômica que no meio dos destroços que vão sair vários bichinhos dando Dredge! O grosso do deck continua todo aí. Ele já fazia ótimos resultados antes do Hogaak, e o bicho era 1-of na maioria das listas. O ban do 8/8 não é um problema. Agora o looting sim vai fazer falta. Pro Dredge, essa carta era 3 em 1: consistência, explosão e uma maneira rápida de descartar cartas com dregde. Sem ela, não é tão fácil manter uma mão com 1 terreno só. E outras cartas só vão oferecer duas das qualidades citadas. Com isso vejo dois caminhos possíveis a seguir: 1) Focar na consistência do deck: No lugar dos lootings, eu colocaria o 19º terreno [card](Dakmor Salvage) (para ser possível “comprar” o 2º terreno do cemitério), uma criatura com dredge, e 2 [card](Insolent Neonate), que já jogava no Dredge antes do [card](Creeping Chill) ser lançado. Ele possibilita jogar uma carta com dredge pro cemitério e logo em seguida usar a compra pra ativar a habilidade. 2) Focar na explosão do deck. E isso pode ser feito incluindo esse novo brinquedo no deck: [image](https://cardsrealm.com/images/cartas/en/m14-magic-2014-tome-scour-75.jpg) Com essa carta é possível logo de cara jogar 5 cartas pro cemitério, algo que na lista atual não era possível no turno 1. Ela faz sozinha o que [card](Insolent Neonate) + [card](Stinkweed Imp) faziam nas listas pré [card](Creeping Chill). Em contra-partida a base de mana fica mais inconsistente, pois o deck passa a ter 4 cores. Segue abaixo uma lista de como ficaria o deck: [deck](13920) [link](https://cardsrealm.com/metagame/modern/izzet-phoenix)(*IZZET PHOENIX*) [image](https://cardsrealm.com/images/cartas/en/grn-guilds-of-ravnica-arclight-phoenix-91.jpg) A falta do looting impacta fortemente esse deck. Vi na internet muitas pessoas dizendo que é só substituir a carta por [card](Izzet Charm) que já tem jogo, mas eu discordo fortemente. O deck precisa filtrar a mão o mais rápido possível, e o flashback do looting é extremamente relevante nesse arquétipo. A falta do looting tira a explosão do deck, atrapalha em sua consistência e ainda por cima o faz perder boa parte da pressão que ele oferecia. O único caminho que vejo para manter o Izzet Phoenix vivo é voltar a usar [card](Thought Scour) e [card](Snapcaster Mage) no maindeck, e tentar entender melhor como o Izzet Charm e Snapcaster + Izzet Charm encaixariam nas curvas 2 e 4 do deck. Segue abaixo uma lista premilinar de como seria o deck sem looting: [deck](13921) Outra caminho também seria deixar de lado a [card](Arclight Phoenix) e pegar as cartas que faltam para montar o Blue Moon. A base de mana é praticamente a mesma, e esse arquétipo também usa [card](Thing in The Ice) e algumas das cartas que estavam no sideboard. Não sou jogador de Control, então não vou me aprofundar muito nesse arquétipo pra evitar de falar besteira hahahaha. [link](https://cardsrealm.com/metagame/modern/mono-red-phoenix)(*MONORED PHOENIX*) [image](https://cardsrealm.com/images/cartas/en/ima-iconic-masters-monastery-swiftspear-140.jpg) Este não perde tanto da explosão, pois já conta com uma variedade de criaturas com prowess e/ou ímpeto e várias mágicas de dano direto. A questão agora é decidir qual carta irá suprir a necessidade de descartar as [card](Arclight Phoenix). Cartas de custo 2, como [card](Cathartic Reunion), deixam o deck mais lento. [card](Burning Inquiry) descarta aleatoriamente, o que pode ser perigoso. E [card](Insolent Neonate) não conta para o prowess das outras criaturas, nem para voltar as Fênix do cemitério. A principio eu iria de Reunion. Ou iria para a versão sem Fênix, conhecida como MonoRed Prowess. Acredito que a falta de um looting prejudica mais quem usa Fenix do que quem usa [card](Bedlam Reveler), se é que o deck vai continuar usando essa criatura agora... [link](https://cardsrealm.com/metagame/modern/hollow-one)(*HOLLOW ONE*) [image](https://cardsrealm.com/images/cartas/en/hou-hour-of-devastation-hollow-one-163.jpg) O deck já andava bem sumido do meta, pois suas cartas ajudavam o oponente a descartar as Vengevines e cartas com dredge. Alem disso, ele também sofria com as [card](Leyline of the Void). E o ban do looting só piorou a situação. Como o deck gira em torno de baixar os [card](Hollow One) o mais rápido possível, o looting faz uma falta absurda. Não vejo o deck voltando a ser competitivo enquanto a Wizard não lançar pelo menos alguma versão piorada do looting que seja de custo 1. [link](https://cardsrealm.com/metagame/modern/mardu-pyromancer)(*MARDU PYROMANCER*) [image](https://cardsrealm.com/images/cartas/en/dds-duel-decks:-mind-vs-might-young-pyromancer-20.jpg) Pra mim, esse deck vai ser pouco afetado com a ausência do looting. [card](Seasoned Pyromancer) oferece o card advantage perdido com o looting. Acredito que agora o deck vá deixar de lado os [card](Bedlam Reveler) e usar outra carta como Win Condition. E a primeira carta que me vem à mente é: [image](https://cardsrealm.com/images/cartas/en/wwk-worldwake-stoneforge-mystic-20.jpg) O pacote SFM + [card](Batterskull) + [card](Sword of Feast and Famine) encaixa perfeitamente no deck. Imagina conjurar um [card](Lingering Souls) e no turno seguinte tentar equipar a espada no espírito pra em seguida atacar. Obrigar o oponente a usar um [card](Fatal Push), [card](Lightning Bolt) ou [card](Path to Exile) em uma ficha. Só sucesso! Pra quem curte o deck, recomendo procurar o [link](https://www.mtggoldfish.com/player/Selfeisek)(Selfeisek no mtg goldfish). Ele tem vários 5-0 com esse deck do Mol, e muitos o creditam como criador do arquétipo. Então acho uma boa estudar quais cartas ele vai usar agora. [link](https://cardsrealm.com/metagame/modern/grishoalbrand)(*GRISHOALBRAND*) Voltou pro Helvault. Junto com o [card](Faithless Looting). Desculpa... [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1566946731.jpeg) Bom, é isso pessoal. Existe vida após o looting! Uma vida triste e cheia de Karns ou Lilianas na 3, mas uma vida... hahahaha *MENÇÕES HONROSAS* Achei na internet duas listas bem engraçadas de Hollow One e resolvi incluí-las aqui. Quero saber quem vai testar alguma delas, porque eu tô bem curioso pra saber se os decks ficaram divertidos! [deck](13922) [deck](13923)

Compartilhe:

Profile Main Image

Leon Diniz

Preço sugerido de Throne of Eldraine começa a chegar para lojistas


Throne of Eldraine será lançada dia 4 de outubro. Nesse meio tempo até seu lançamento estamos vendo uma mudança de cenário no mundo: o dólar está subindo (aumento de aproximadamente 10% desde a última coleção) e [link](https://cardsrealm.com/artigos/lojista-europeu-alerta-sobre-aumento-de-preco-no-magic)(lojistas europeus já chegaram a anunciar que houve aumento de preços pelas distribuidoras lá na Europa). Isso sem contar as taxas alfandegárias e de importação de produtos para o Brasil. Com esse cenário horrível pela frente é de se imaginar que o consumidor médio de Magic: the Gathering deve estar preocupado quanto passará a custar os pacotes de booster na próxima edição. Para acabar com o mistério, [link](https://www.facebook.com/BalaiodeJogos/photos/a.431798754213176/442987316427653/?type=3&theater)(a página Balaio de Jogos no Facebook divulgou os preços recomendados pela distribuidora Devir). Esses preços são apenas referência, isto é, as lojas não necessariamente vão seguir esses preços, são apenas sugestões do distribuidor: *Booster* R$ 18,40 *Booster Box* R$ 662,40 *Deck de Planeswaler* R$ 75,00 *Booster Temático* R$ 33,00 *Booster de colecionador* R$ 112,00 *Caixa de Booster de Colecionador (com 12 pacotes)* R$ 1.344,00 *Bundle* R$ 189,90 *Deck de Brawl* R$ 95,00 [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1567023662.jpg) A Balaio de Jogos termina informando que os preços variam de acordo com a distribuidora e esses são os preços recomendados pela Devir, que em geral são bons. A Galápagos ainda não divulgou seus preços, mas em geral ela é ligeiramente mais cara. A Coqui ainda não deu previsões de liberação das cargas dela.

Compartilhe:

Profile Main Image

Leon Diniz

Programador do site da Cards Realm. O Magic vai muito além das cartas. Somos pessoas, uma comunidade enorme.

Social: YoutubeInstagramTwitter