Profile Main Image

Leon Diniz

Vencedor do MKM Series 2019 é desqualificado por trapaça

Durante a final do evento principal do Legacy, o chat do Twitch chamou nossa atenção para um comportamento suspeito. Após extensa revisão da gravação, foi decidido desqualificar Sebastian Wibmer por fraude - manipulação de material de jogo.

Houve uma desqualificação após a final do evento principal do Legacy no Cardmarket Series Frankfurt, o MKM Series 2019. [link](http://series.magiccardmarket.eu/2019/08/04/statement-on-disqualification/)(Os juízes-chefes Michael Wiese e Klaus Lassacher fizeram a seguinte declaração): “Durante a final do evento principal do Legacy, o chat do Twitch chamou nossa atenção para um comportamento suspeito. Após extensa revisão da gravação, foi decidido desqualificar Sebastian Wibmer por trapaça - manipulação de material de jogo. ” <iframe src="https://clips.twitch.tv/embed?clip=HungryNastyReubenChocolateRain" height="300" width="100%"> </iframe> Repararam que o jogador Sebastian Wibmer jogou 2 terrenos no mesmo turno? Primeiramente ele baixa o terreno da vez e logo depois já joga uma [card](Wasteland) ativando a habilidade dela para destruir o terreno do oponente. O oponente Raphael Werder não parece notar e segue o jogo normalmente. <iframe src="https://clips.twitch.tv/embed?clip=CogentCharmingTardigradeKeepo" height="300" width="100%"> </iframe> Agora vemos Wibmer fazendo um [card](Brainstorm), onde ele compra ao menos 1 [card](True-Name Nemesis) e um [card](Grafdigger's Cage). Ele escolhe manter o Grafdigger's Cage na mão e deixa o True-name Nemesis no topo, até o momento, tudo está conforme. <iframe src="https://clips.twitch.tv/embed?clip=AltruisticAnnoyingGuanacoSoonerLater" height="300" width="100%"> </iframe> Até o momento que Wibmer é obrigado a estourar a fetchland na mesa para counterar uma carta do Raphael Werder. Ele aproveita a situação e embaralha o deck, mas aparentemente o True-name Nemesis não sai do topo do seu baralho. O chat no Twitch achou estranhou, mas nada impossível, até repararem na forma de embaralhar do Wibmer e ela se repetir em outras partidas. Essas duas situações mostradas até o momento não fizeram parte da final, mas Sebastian Wibmer foi desqualificado por roubar na final. <iframe src="https://clips.twitch.tv/embed?clip=BashfulOpenKiwiAllenHuhu" height="300" width="100%"> </iframe> Conseguiram enxergar a trapaça dele nesse vídeo? Ele ao ativar a habilidade da fetchland, procura pelo terreno em seu grimório, mas enquanto procura, separa duas cartas e as põem no topo. Muito rápido, tem que ser revisto diversas vezes para ser notado. O canal Desolator Magic explica essa trapaça em câmera lenta, dê uma olhadinha. [youtube](https://www.youtube.com/watch?v=UiHws8-wsnU&feature=youtu.be)

Compartilhe:

Profile Main Image

Leon Diniz

Programador do site da Cards Realm. O Magic vai muito além das cartas. Somos pessoas, uma comunidade enorme.

Social: YoutubeInstagramTwitter

Profile Main Image

Vinicius Sorin

Os Decks de Commander 2019


Commander 2019, oficialmente denominado Commander (2019 Edition), é um produto da série Commander que será lançado pela Wizards of the Coast em 23 de agosto de 2019! O Commander 2019 consiste em quatro decks temáticos pré-construídos e apresenta doze comandantes (sendo 1 principal e 3 alternativos por deck). Os quatro baralhos de 100 cartas contêm 302 cartas diferentes no total. Possibilitou 59 novas cartas legais em Vintage e Legacy. A edição está disponível em inglês, japonês, francês, italiano, alemão, espanhol, português e russo. Cada baralho vem com uma deckbox, 10 cards de token dupla face, uma carta de estratégia e um guia de referência de regras. Os terrenos básicos da coleção usam a arte panorâmica de Alayna Danner que foi apresentada pela primeira vez no Standard Showdown do Core Set 2019. Confira as listas completas com análise em vídeo: [youtube](https://www.youtube.com/watch?v=kbZNvflvo8A) [deck](12640) [youtube](https://www.youtube.com/watch?v=9HHSmGBvQjM) [deck](12639) [youtube](https://www.youtube.com/watch?v=w5LMeIUYrvY) [deck](12638) [youtube](https://www.youtube.com/watch?v=spGJpkAHQzI) [deck](12637)

Compartilhe:

Profile Main Image

Vinicius Sorin

Professor de artes marciais e produtor de conteúdo sobre Magic. Jogador apaixonado pelo formato Commander, apresentador do canal do youtube Cozinha Offline.

Social: YoutubeInstagramTwitter

Profile Main Image

Diogo Leal

Disney cancela filme de Magic que estava em produção


Muitos de vocês provavelmente já ouviram falar sobre [link](https://www.vox.com/culture/2019/3/20/18273477/disney-fox-merger-deal-details-marvel-x-men)(a compra da Fox pela Disney). O que você pode não saber é que a Disney eliminou todos os filmes da Fox que estavam em produção, com exceção de *Avatar, Planet of the Apes* e *Fox Searchlight*. A lista completa de projetos cancelados está circulando no reddit e [link](https://cinepop.com.br/disney-cancela-246-filmes-em-desenvolvimento-na-fox-confira-a-lista-219812)(inclui o filme Magic: The Gathering). *Mas calma! Esse cancelamento não está ligado à série animada da Netflix que será lançada em breve!* O cancelamento é de um filme que estava em produção a mais de 5 anos pelos estúdios da Fox. [link](https://www.hollywoodreporter.com/heat-vision/fox-bring-magic-gathering-big-670529)(O anúncio do começo da produção do filme de Magic: the Gathering ocorreu em 2014). [link](https://markrosewater.tumblr.com/post/95397446143/can-we-get-a-review-of-all-known-info-on-the-magic)(Mark Rosewater chegou a comentar algumas informações do filme). A Fox Studios comprou os direitos de um filme da Magic. Simon Kinberg (X-Men: Dias do Passado Futuro) iria servir como administrador criativo da franquia e produziria uma parceria com a Hasbro. O escritor chamado Bryan Cogman tinha sido contratado para escrever o roteiro. Bryan era um dos escritores de “Game of Thrones”. Muitas pessoas confundem estar em produção com estar produzindo de fato o filme. Estar em produção significa que a Fox tinha o direito sobre a produção do filme. Pelo tempo de duração e nunca termos recebido mais notícias, provavelmente a produção real do filme estava parada.

Compartilhe: