Profile Main Image

Leon Diniz

Diferenças entre decks combos que necessitam de 2 cartas e de 3

Você jogador de combo que só pensa em maldade, já deve ter se perguntado algumas vezes por quê combo de 2 cartas, de 3 cartas ou de 4 cartas são tão diferentes com relação a resultados no Magic.

Você jogador de combo que só pensa em maldade, já deve ter se perguntado algumas vezes por quê combo de 2 cartas, de 3 cartas ou de 4 cartas são tão diferentes com relação a resultados no Magic. Todos devem concordar que um combo de 2 cartas é melhor que um combo de 3 cartas e definitivamente melhor que um combo de 4 cartas, mas o quanto melhor? Uma menção honrosa primeiramente a combos de 1 carta só como [link](https://cardsrealm.com/metagame/modern/titan-shift)(Titan-shift). A probabilidade de você conseguir um [card](Primeval Titan) ou [card](Scapeshift) ou [card](Summoner's Pact) até o turno 5 é de 93%. *COMBOS DE DUAS CARTAS* Vamos pegar alguns exemplos. No Standard tivemos o famoso combo Copy cat composto por [card](Guardião Felidar) + [card](Saheeli Rai). O combo consistia em blinkar a Saheeli com o Guardião Felidar, assim podendo ativar a habilidade da planeswalker mais uma vez que cria um novo Guardião com haste, que blinka a Saheeli e por aí continua até você ter em campo infinitos gatos com haste. *Esse combo exige 2 cartas e você só tem 4 cópias de cada uma no seu deck, qual a probabilidade de você combar até o turno 4?* O combo consistia de jogar a Saheeli Rai na 3 e o Guardião Felidar na 4. *A probabilidade de você comprar a [card](Saheeli Rai) até o turno 3 é melhor analisada pela probabilidade de você não comprá-la*: isso depende de você não comprá-la na sua mão inicial e nem nas 3 compras seguintes. Isso significa que, para você não comprar a Saheeli Rai, você tem que comprar uma das outras 56 cartas entre 60 que você tem no seu baralho na primeira compra, depois uma das outras 55 entre 59, depois uma das outras 54 entre 58 e por aí em diante... Em um total de 10 cartas compradas até o turno 3, você não pode comprar a Saheeli Rai. A probabilidade de você comprar é igual a 1 menos a probabilidade de você não comprar. [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1567451833.jpg) E se considerarmos que vamos comprando mais cartas? [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1567446451.png) A probabilidade de se ter o combo na mão inicial é muito pequena, mas conforme você for comprando, a probabilidade pode chegar a ser de quase 50%. *E no modern?* O Standard possui uma pool mais limitada sem tantos tutores ou cartas com efeitos parecidos, o que acontece se vermos um combo de 2 cartas no Modern? No Modern as contas ficam um pouco mais estranhas. Vamos pegar o combo [link](https://cardsrealm.com/metagame/modern/ad-nauseam)(Ad Nauseam) como exemplo. A proposta do combo é conjurar um [card](Ad Nauseam) depois de ter castado [card](Graça do Anjo) ou [card](Morte-Vida Phyrexiana); comprar todas as cartas do seu deck; exilar 3 [card](Espírito-Guia Símio) para produzir 3 manas vermelhas e assim conjurar uma [card](Tempestade Relampejante) para muito dano descartando todos os terrenos comprados. O combo é de apenas duas cartas por quê você precisa de apenas [card](Ad Nauseam) + [card](Graça do Anjo) ou [card](Morte-Vida Phyrexiana). Sendo que você não necessariamente precisa de Ad Nauseam já que você pode buscá-lo no seu deck com [card](Despojos da Câmara). No total o deck possui 3 Despojos da Câmara e 4 Ad Nauseam, totalizando 7 cartas cópias de "Ad Nauseam"; e possui 4 Graça do Anjo e 4 Morte-Vida Phyrexiana, totalizando 8 cópias que te permitem combar sem morrer. Então você quer comprar ao menos 1 de 7 cópias de Ad Naseaum e 1 de 8 cópias de Graça do Anjo. [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1567448538.png) No final, a probabilidade de você já ter o combo na mão inicial é de 40%, mas depois de 8 compras a probabilidade ultrapassa 80%. Lembrando que o deck é composto por muita compra de carta como [card](Visões do Soro) e [card](Truque de Mãos); isso faz dele um dos combos mais consistentes do Modern. *COMBOS DE TRÊS CARTAS* Agora imagina que você tem um combo de 3 cartas. O [link](https://cardsrealm.com/metagame/modern/devoted-company)(deck Devoted Company ou Devoted Vizier) por exemplo consegue combar com [card](Druida Devotado) + [card](Vizir dos Remédios) + [card](Balista Ambulante). [card](Druida Devotado) + [card](Vizir dos Remédios) geram mana infinita e a Ballista finaliza dando dano infinito. O deck costuma possuir 4 druidas, 3 Vizirs e apenas 1 Ballista; qual a probabilidade de você conseguir ao menos 1 de cada na marra? [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1567449188.png) No máximo você consegue algo em torno de 15% de chance de combar se comprar muita carta. Não são números muito animadores né? Mas o deck foi feito e adaptado para o combo. Para não haver dúvidas, como são muitos tipos de deck com Druida Devotado, vamos falar da lista abaixo. [deck](13984) Nessa versão você não precisa da [card](Balista Ambulante) se tiver [card](Recrutador de Vigia do Crepúsculo) na mão, já que com mana infinita ele irá buscar a ballista. 1 [card](Shalai, Voz da Abundância) é outro substituto para a Ballista para se ganhar com mana infinita; enquanto 4 [card](Acorde do Chamado) consegue te buscar qualquer carta que estiver faltando do combo. 2 [card](Capitão-patrulheiro de Eos) estão lá para tutorar a Ballista também caso necessário. No total você tem 8 cópias de [card](Druida Devotado), 8 cópias de [card](Vizir dos Remédios) e 9 cópias da [card](Balista Ambulante) no deck. [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1567450732.png) Do jeito que o deck foi montado, a probabilidade de combar até o turno 5 chega a ser similar ao deck Ad Nauseam. A desvantagem é que este deck possui mais formas do seu oponente interagir com ele; a vantagem é que ele consegue vencer os jogos de outras formas se necessário. *E se concentrarmos todas nossas forças no Deus combo?* [deck](14033) Esta versão é similar à anterior com adição de cartas como [card](Final de Devastação) que também permite ganhar o jogo se utilizando da mana infinita. Tanto 4 [card](Chamado de Eladamri) quanto 4 [card](Final de Devastação), 3 [card](Evolução Arcana) e 3 [card](Neoformar) podem buscar nossas cartas do combo. Isso significa que temos em nossa disposição 18 cópias de [card](Druida Devotado), 17 cópias de [card](Vizir dos Remédios) e 18 cópias de [card](Balista Ambulante) no deck. [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1567450253.png) O deck é tão, mas tão adaptado que a probabilidade de se ter o combo é quase 100% depois de apenas algumas compras. *CONSIDERAÇÕES* Os cálculos aqui contaram a probabilidade de você possuir 1 ou mais cartas do combo, com um pouco de defeito no cálculo com tutores que servem para as mesmas cartas, apesar de que isso não afeta de forma prática o cálculo final. Esses cálculos não contaram a interação do oponente também e nem se você têm condições de combar: é possível você não comprar terrenos, mas ter o combo na mão por exemplo. Além disso, não conta jogadas mais complexas como estourar fetch para aumentar a probabilidade de comprar uma carta do combo. *CONCLUSÃO* O que gostaria de concluir com este artigo é que a consistência do combo depende muito mais da quantidade de tutores do seu deck do que a quantidade de cartas que ele necessita. Em um ambiente como o Standard é muito difícil fazer com que decks combos de 3 cartas sejam consistentes, a probabilidade de combar irá beirar os 20 a 30%. Mas tutores têm em abundância em formatos como Modern, Legacy ou Vintage. Os combos nesses formatos podem necessitar de 3 cartas e ainda serem "opressores".

Compartilhe:

Profile Main Image

Leon Diniz

Programador do site da Cards Realm. O Magic vai muito além das cartas. Somos pessoas, uma comunidade enorme.

Social: YoutubeInstagramTwitter

Profile Main Image

Leon Diniz

Comunidade LGBT+ no Magic brasileiro


Com os spoilers de Throne of Eldraine já na porta, muitos jogadores já devem estar se perguntando: "onde jogarei meu pré-release?". Se você faz parte (ou não) da comunidade LGBT+, temos uma ótima oportunidade para você! O grupo Magic: The Gathering LGBT+ há anos organiza um pré-release diferenciado, com muita cor e muita receptividade, o tão aclamado Pridelease. [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1567434493.jpg) Resolvemos então entrevistar Higson Menezes, um dos administradores da iniciativa, para entender as raízes do evento, como surgiu e o que nos espera daqui em diante. *Olá Higson! Poderia nos contar uma pouco sobre o que é o Magic: The Gathering LGBT+? Qual a proposta dele?* Olar! Turubom?! Prazer, Jace-Mizzet aqui! Convenhamos né bebê, o ambiente geek por si só é bem tóxico. Se tem uma coisa que eu (e outros LGBT+) não quero é estar jogando e ouvir algo na outra mesa (ou talvez na minha) do tipo "e aí, viadinho?! vai fazer algo?", "porra, o cara é bichinha, fraquinho", entre outras coisas. A ideia da iniciativa é poder juntar pessoas de culturas similares (LGBT's em geral, mulheres, etc) em um espaço onde possam falar de divas pop, signos, salto alto, maquiagem, empoderamento e atacar Biroliro sem gente metendo o dedo. É poder colocar pessoas em um ambiente não tóxico e divertido. *Hoje em dia vemos segmentos da nossa sociedade se organizando em comunidades no Facebook. Temos grupos como as das garotas mágicas ganhando cada vez mais força e a comunidade LGBT+ também. Quando e onde surgiu essa iniciativa no Facebook? * Então, em 2015 foi legalizado em todo o território dos EUA o casamento igualitário, a Wizards of The Coast foi uma das empresas apoiadoras. UM dia depois o Felipe (Atarka) e o Alex (Dromoka) se juntaram pra criar o grupo MTG LGBT+, e a partir daí só cresceu. ;) Hoje conta com 6 administradores nacionais: 2 em MG, 2 em SP, 1 em Curitiba, 1 no RJ. Coordenamos juntos cada passo da iniciativa como um todo. Temos um grupo de what's app pra cada regional nossa dessas citadas, um grupo de what's nacional, uma página no facebook e um grupo lá também. Estamos começando atividades no instagram aos poucos. *Recentemente vimos um artigo da Carol Anet comentando sobre a toxidade no mundo do Magic. Ela contou do ponto de vista dela como mulher. A comunidade LGBT+ de Magic também já sofreu com algum ambiente tóxico e compartilha os sentimentos da Carol Anet?* Infelizmente sim, e constantemente. Beu abô, o tanto de gente reclamando de comentários desagradáveis sobre sexualidade alheia. MUITOS são jogadores antigos e pararam de jogar porque não aguentavam mais toda hora ouvir comentários ou brincadeiras homofóbicas nas lojas (de gente que não percebia o quanto era hostil, ou de gente que não ligava de ser tóxica). Voltou agora porque descobriu o MTG LGBT+ e se sente mais seguro conosco. Porém, EU mesmo já sofri um backlash imenso em grupos de lojas, porque só a mera divulgação do grupo já causava furor e gerava muitos comentários negativos, pessoas me julgando, falando que preconceito não existe, falando que estamos segregando, que grupo de magic não é lugar de militância ou política, dentre outras coisas similares... mas bota essas pessoas pra jogarem e a primeira coisa que acontece é rolarem comentários que eles não entendem o quanto são ruins. Eu já li e ouvi muita radiação vindo de gente babaca, e eu to aqui pra quebrar isso, então eu resisti e persisti em nome do que eu represento, e vou continuar fazendo. Tá pensando que viado é bagunça?! VIADO NÃÃÃO É BAGOONÇA. [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1567434361.jpeg) *Vimos que você administra um dos eventos populares da comunidade LGBT+: o Pridelease. Tem sido muito comentado! Com fotos e um ambiente decorado que nos parece muito especial e aconchegante! Nos conte um pouco sobre ele, o que uma pessoa pode esperar nesse evento?* MELBEIN, por via de regra Pridelease TEM QUE TER MUITA MÚSICA VIADA ÇYN. Faço questão que tenha música rolando o tempo todo, tem concurso de lip sync também, em alguns consigo parcerias pra ceder playmats exclusivos e poderosíssimos pra alguns jogadores, promo cards como brinde, boosters adicionais como brindes e premiações, etc, além da decoração sempre temática LGBT+. É um pré-release aprimorado focado na representatividade, focado na celebração da diversidade. [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1567512043.jpg) *Quais outras iniciativas e eventos a Magic: the Gathering LGBT+ tem feito?* Em SP há o "Torre de Comando" que é um evento que não foca apenas no jogo, mas também em palestras e discursos sobre a comunidade LGBT+ como um todo, sobre empatia, sobre respeito. Em MG eles fazem piqueniques constantemente, fizeram festa junina do MTG LGBT+, sempre tem um babado rolando, e em quase todos os eventos temos palestras também, em grande parte com a liderança da Amana (Silumgar), que é militante e defensora ferrenha da causa. Sempre tem coisas rolando. Quanto mais gente, mais poder, mais glamour! [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1567434537.jpeg) *Por último Higson, quais formatos você joga e onde uma pessoa pode te encontrar jogando eles?* Majoritariamente Commander (e não falta deck pra eu emprestar caso alguém queira jogar), mas arrisco uns selados também! haha Eu passo por todas as lojas mas é bem comum me encontrar na Tijuca, ou [link](https://www.facebook.com/higson.m.s)(podem entrar em contato direto que eu não recuso MEEEIXMO). Eu? Deixar passar a oportunidade de Stormar?! Não meixmo. Ah, adicional! Eu ensino Magic e tenho decks de iniciantes pra ceder! Se alguém quiser aprender é só entrar em contato que marcamos e eu ensino. ^^ E lembrem-se sempre, pessoas... Você não está só, jamais esteve. *Obrigado Higson pela entrevista!* Gostaram do trabalho feito pelo grupo MTG LGBT+? Você pode acompanhá-los [link](https://www.facebook.com/mtglgbt/)(na página do facebook) ou [link](https://www.facebook.com/groups/mtglgbt/)(pelo grupo de facebook)! Caso queiram participar do Pridelease, [link](https://m.facebook.com/events/468189940402082/?ti=wa)(detalhes do evento do Rio de Janeiro que é coordenado pelo Higson podem ser encontrados aqui).

Compartilhe:

Profile Main Image

Leon Diniz

Programador do site da Cards Realm. O Magic vai muito além das cartas. Somos pessoas, uma comunidade enorme.

Social: YoutubeInstagramTwitter

Profile Main Image

Leon Diniz

Ex-funcionário do MTGO revela péssima tática de preços do Arena


A Wizards of the Coast(WotC) recentemente anunciou que o formato histórico do Arena será mais caro que o Standard. Para conseguirmos uma carta do formato Histórico, teremos que utilizar do dobro de cartas curingas. No Twitter, Joathon Loucks, ex-funcionário da WIzards que trabalhava no Magic Online(MTGO), falou sobre as táticas escandalosas de preços da Wizards of the Coast. Loucks disse que a WotC geralmente anuncia a maior cotação de preços quando tem dúvida em relação a um produto, e se a comunidade do Magic reclamar disso, a WotC mudará para a opção de preço mais baixo. *Duas vezes durante o meu tempo no MTGO, quando nos perguntávamos o preço entre duas opções, anunciamos a maior das duas e, depois que os jogadores reclamavam do mau EV (Expected value), anunciávamos uma alteração para o preço mais baixo. O Arena está usando a mesma tática.* - disse Joathon. [center](<blockquote class="twitter-tweet"><p lang="en" dir="ltr">Twice during my time on MTGO, when we wondered what to price a queue between two options, we announced the higher of the two, and after players complained about the bad EV, we announced a change to the lower price. Arena using the same tactic I imagine.</p>&mdash; Jonathon Loucks <a href="https://twitter.com/JonLoucks/status/1167520829451595776?ref_src=twsrc%5Etfw">August 30, 2019</a></blockquote> <script async src="https://platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script>) A tática de preços que Loucks mencionou nos lembra o cenário de preços que ocorreu com [link](https://cardsrealm.com/artigos/mudancas-no-sistema-de-maestria-devido-a-criticas)(a revelação do Sistema de Maestria do Core Set 2020 na Arena). Alguns jogadores criticaram o sistema de recompensa de Maestria por punir aqueles que não jogavam diariamente ou jogavam de graça. Depois de receber muitas reclamações da comunidade de jogadores do Arena, a WotC revisou o Sistema de Maestria para uma versão menos "Pay to Play". O juiz level 2 e Game Designer Marc DeArmond confirmou a denúncia feita por Joathon. [center](<blockquote class="twitter-tweet"><p lang="en" dir="ltr">Can confirm this tactic is rampant in WOTC. Have used it at the urging of people that are now in charge of various parts of Arena. However, it is frequently used to get people to accept bad option because at least it is better than worse option. I hated it because it worked.</p>&mdash; Marc DeArmond <a href="https://twitter.com/Masticon/status/1167643536889499648?ref_src=twsrc%5Etfw">August 31, 2019</a></blockquote> <script async src="https://platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script>) DeArmond foi enfático: *"[Esta tática] é usada para as pessoas aceitarem uma má opção por que é ao menos melhor que a pior opção. Eu odeio isso por que isso funciona."* Desde que o Arena foi criado a equipe do jogo tem sido bem prestativa e escutado os feedbacks da comunidade. Essas declarações só demonstram que temos que ficar de olho no nosso jogo tão amado para que os preços dele não saiam do controle.

Compartilhe:

Profile Main Image

Leon Diniz

Programador do site da Cards Realm. O Magic vai muito além das cartas. Somos pessoas, uma comunidade enorme.

Social: YoutubeInstagramTwitter